sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Kit de Leitura Passatempo do Instagram PNL2027



Kit de Leitura
Passatempo do Instagram PNL2027
Kit de Leitura em três passos:
1.º - Fotografar um livro de que tenhas gostado com alguns objetos alusivos.  
2.º - Postar a fotografia no Instagram com a tag #lermais
3.º - Seguir o Plano Nacional de Leitura 2027 - @pnl2027
Identificar 3 amigos.
Participa até ao fim de cada mês, data em que será sorteado um vencedor através do SorteioGram https://sorteiogram.com/
Para receberes o prémio, envia um email para: equipapnl2027@gmail.com

Projeto "Mais vale prevenir"



quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Projeto aLer+ "Robot leitor"

O Robot Leitor  já chegou e está pronto para nos ajudar a 







ESCRITA CRIATIVA


SE EU FOSSE….
… UM LIVRO
Se eu fosse um livro seria de cor verde e teria as páginas de amor.
                Quando as pessoas lessem o meu livro ficariam cheias de amor.
Os meus textos seriam sobre o amor e a professora gostaria muito de mim.
                O título do livro seria “Com amor”.
                Eu comeria folhas e teria palavras floridas.
                Os meus desenhos teriam muitas crianças a brincar.
M. G.
3º B



SE EU FOSSE….
… UM LOBO
Se eu fosse um lobo da floresta, seria um lobo cinzento.
                Um dia, ouvi uivar uma loba numa rocha brilhante de onde se via a lua.
                Quando aparecia à noite ou de manhã, eu estava a descansar. Mas um dia, consegui vê-la e brincámos muito até ela ir embora.
                Durante dez anos, nunca nos voltámos a ver e eu já caçava animais para comer.
                No dia do meu aniversário, mandei os meus amigos lobos procurá-la. Viram-na no mesmo sítio onde nos tínhamos conhecido. Perguntei-lhe se queria ir à minha festa e ela respondeu-me que sim. Na festa, bailámos e cantámos.
                Fomos viver juntos para sempre na rocha brilhante de onde se via a lua.
                Para sempre … até hoje
J. N.
3º B

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Concurso Nacional de Leitura 2019


Concurso Nacional de Leitura
14.ª edição
A 14.ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) decorre entre o dia 4 de outubro de 2019, data oficial de abertura, e o dia 6 de junho de 2020, dia da grande final, em Oeiras.
O objetivo central do Concurso Nacional de Leitura é estimular o gosto e os hábitos de leitura e melhorar a compreensão leitora. A iniciativa tem como destinatários alunos dos 1.º,2.º, 3.º ciclos do ensino básico e alunos do ensino secundário.
Cabe ao Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL2027) a iniciativa e o desenvolvimento do CNL, ao longo de quatro fases consecutivas:
Fase Escolar / Municipal – Engloba as provas nas escolas/agrupamentos e nos municípios.
O 1.º momento é da responsabilidade das escolas/agrupamentos do Continente e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, bem como do Camões, IP e da DGAE/DSEEPE, nas escolas portuguesas e da Rede de Ensino Português no estrangeiro que aderirem a esta iniciativa.
O 2.º momento traduz-se pela realização de provas organizadas pelas Bibliotecas Municipais, dirigidas aos alunos vencedores do momento anterior.
Fase Intermunicipal – Esta fase congrega os vencedores selecionados em cada um dos municípios para a realização de provas nas Comunidades Intermunicipais ou Áreas Metropolitanas, a decorrer nestas datas.
Fase Nacional – conta com a participação de todos os parceiros e é constituída por uma prova que apurará cinco finalistas em cada nível de ensino, os quais serão, na cerimónia final, ordenados em função da avaliação de um júri nacional, a constituir para o efeito.
Como em edições anteriores, o PNL2027, com o propósito de dar a esta celebração da leitura e da escrita um caráter mais universal e significativo, articula-se com a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), com a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), com o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, IP), com a Direção-Geral de Administração Escolar/Direção de Serviços de Ensino e das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DGAE/DSEEPE) e com a Rádio Televisão Portuguesa (RTP), responsável pela cobertura televisiva do evento, e com a Câmara Municipal de Oeiras. 
A participação no concurso está aberta às escolas do Continente e das Regiões Autónomas dos Açores (RAA) e da Madeira (RAM), das redes pública e privada que a ele aderirem, através da inscrição de alunos de todos os ciclos de ensino – 1.º ciclo / 2.º ciclo / 3.º ciclo / ensino secundário. Está igualmente aberta aos alunos das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (EPE) da área de influência da Direção-Geral de Administração Escolar/Direção de Serviços de Ensino e das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DGAE/DSEEPE) e aos alunos da rede de Ensino Português no Estrangeiro (EPE) do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, IP).


quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Marcador do "Mês internacional das bibliotecas escolares"

Distribuição de marcadores nas escolas.



MURAL DE ESCRITA "Vamos imaginar..." nas duas bibliotecas

Para comemorarmos o "Dia internacional das bibliotecas escolares" construímos murais de escrita com legos em ambas as bibliotecas do Agrupamento, onde todos deram asas à sua imaginação.
Eis algumas frases:

"Vamos imaginar que todas as crianças tinham amigos para brincar."
"Vamos imaginar um mundo mais solidário."
"Vamos imaginar um mundo sem poluição."
"Vamos imaginar que todas as crianças tinham brinquedos."
"Vamos imaginar que as pessoas serão mais humildes."
"Vamos imaginar que as crianças brincavam sem lutas."
"Eu gosto do mundo sem guerra."
"Vamos imaginar que todas as crianças têm comida."


terça-feira, 8 de outubro de 2019

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Projeto "Mais Vale Prevenir" - "Tapete com valor(es)






“Tapete com valor (es)” foi uma experiência realizada com as duas salas do ensino pré-escolar (salas dos 4 e 5 anos)  do Agrupamento de Escolas de Almeida, no sentido de abordar a temática da corrupção. Desse trabalho de sensibilização e articulação entre biblioteca escolar, educadoras, alunos e encarregados de educação, resultou um tapete, onde cada família, cada aluno, cada professor deixou um bocadinho de si.
Em cada retalho foram cosidos e colados elementos que representam a paz, a solidariedade, o respeito pelo ser humano, a inclusão, a multiculturalidade (representada pela pomba construída com as mãos multicolores que os pequenotes picotaram) e também o respeito pelo planeta, a nossa casa comum.
Como estas temáticas são de difícil compreensão para as crianças do ensino pré-escolar, abordámo-las a partir de histórias e de situações simples que acontecem diariamente, que requerem uma tomada de decisão individual e coletiva na resolução do conflito pelo diálogo, pedindo sempre ao "infrator" que se coloque no lugar do "outro”.
 Os valores nestas idades não se "ensinam", mas aprendem-se na relação com os outros. Por isso, a abordagem foi feita a partir da compreensão do que está certo e errado, do que se pode e não se pode ou não se deve fazer, centrando o trabalho em torno dos valores (respeito, solidariedade e paz), para depois se refletir na degradação destes. Desta forma, a palavra “corrupção” mereceu umas valentes malaguetas picantes, recuperando ensinamentos de outros tempos, pois era costume os mais velhos dizerem aos petizes que se mentissem ou furtassem algo seriam castigados com pimenta na língua.
Consideramos imprescindível que cada projeto seja pautado pelos valores de uma forma geral e que as atitudes do educador (a), dos encarregados de educação e de todos os adultos que interagem com a criança sejam coerentes com esses mesmos valores. Elas têm que compreender os valores e aplicá-los através da comparação entre o que é bom e o que é mau.
Em virtude da tenra idade, as crianças podem não perceber a profundidade das questões tratadas, mas absorvem e assimilam conceitos que vão definindo e seu comportamento e caráter.
Em nosso entender, quanto mais cedo abordarmos estes assuntos, mais probabilidades temos de formar adultos conscientes e solidários.


terça-feira, 7 de maio de 2019

Saber usar os média

 O sítio web, Saber usar os media, destina-se a apoiar uma abordagem dos media nas três dimensões consideradas nas estratégias de operacionalização do referencia "Aprender com a biblioteca escolar"l: conhecer, refletir, produzir.

Fica aqui o link:Saber usar os media

quinta-feira, 28 de março de 2019

Candidatura com mérito - "Da semente da palavra à flor do conhecimento"








Da Semente da Palavra à Flor do Conhecimento” é um projeto direcionado para o trabalho em sala de aula, através de ações apoiadas e dinamizadas pela biblioteca escolar com a aplicação de pedagogia diferenciada e focada em atividades específicas de iniciação e consolidação da leitura.
Este projeto, centrado exclusivamente na aprendizagem da leitura e da escrita, é inspirado na leitura de contos, lendas e parábolas, como a “Parábola do semeador” e a “Lenda do girassol”.
Temos consciência de que nós seremos sempre incógnitos semeadores, cuja função será colocar a semente em contacto com o solo. Tendo em conta que há vários tipos de solo, como nos ensina a “Parábola do semeador”, a colheita dependerá da mestria com que colocarmos a semente em cada solo, esperar que este seja fértil e a semente brote para que a possamos ver crescer e transformar-se num lindo girassol, sempre virado para o sol, como na lenda que serviu de inspiração para este projeto.
É neste ambiente que temos criado as condições necessárias para o florescimento da leitura, tal como o jardineiro que constrói uma estufa para cuidar de todas as flores do seu jardim.
O trabalho colaborativo entre a equipa da biblioteca, os professores titulares de turma e os docentes de apoio, consubstancia-se numa ação conjunta dirigida aos alunos sinalizados e organizados em pequenos grupos de trabalho.
São propostas diversas atividades de aprendizagem, planificadas ao longo da semana e realizadas em pequenos núcleos que apelidamos de “estufas”. Nesses espaços, criados para o desenvolvimento do projeto, aplicamos técnicas de “gamificação” no ensino da leitura e da escrita, recorrendo a ferramentas digitais diversificadas, num processo em que o aluno progride livremente, obedecendo apenas ao seu próprio ritmo de trabalho.
Cada aluno é autónomo na resolução dos desafios propostos, avançando ao longo de diversos níveis com feedback imediato do seu progresso. As atividades dinamizadas incluem exercícios adaptados que permitem uma monitorização em tempo real.
Ao ritmo de cada um, os girassóis vão crescendo, crescendo, e é com muita alegria que os professores que acompanham os alunos veem os progressos alcançados.
Parabéns a todos os docentes envolvidos e em especial aos que têm operacionalizado este projeto no terreno, com muita entrega e profissionalismo.
É com grande satisfação que vemos estes meninos e meninas, que um dia foram sementinhas nestas estufas de aprendizagem, transformarem-se em lindos girassóis, pétala a pétala, folha a folha…

O vosso entusiasmo e luz têm sido contagiantes!
 Obrigada e parabéns a todos e todas!
Link do projeto: https://girassoler.net/wp/
























quarta-feira, 20 de março de 2019

Encontro com a escritora Maria José Dinis

A metáfora do caminho do SER até à FONTE, feito através do AMOR, no livro de Maria José Dinis.
O eufemismo da partida...a inclusão...a liberdade...
Obrigada!






Encontro com a professora venezuelana Ana Teresa Jimenez

Este encontro foi um livro vivo...com histórias reais...
Obrigada a todos!












quinta-feira, 14 de março de 2019

Atividade no âmbito da "Semana da leitura 2019"- "Terra, o nosso ninho!"

No dia 14 de março, todas as turmas do Agrupamento dedicaram dez minutos à leitura de poemas de Miguel Torga.
No pré-escolar e 1º ciclo foi feita a leitura expressiva e exploração do poema "Segredo", de Miguel Torga.
No pré-escolar, da articulação entre as educadoras, alunos e encarregados de educação surgiram trabalhos cheios de poesia que se encontram expostos na biblioteca.
Inspirados no discurso de Greta Thunberg, queremos resgatar o valor do RESPEITO pela natureza, o respeito pelo outro, o respeito pelo BEM COMUM.
Parabéns a todos pelo vosso empenho, talento e amor!